Artigo

«12 Anos Escravo» parte à frente na corrida aos Óscares

Com sete nomeações para os Independent Spirit Awards, um dos vários prémios considerados barómetro para os Óscares, «12 Anos Escravo» confirma o favoritismo que muitos vaticinavam na corrida às estatuetas douradas.

Todos os anos, no dia anterior à cerimónia de entrega dos Óscares, são entregues também os Film Independent Spirit Awards, que celebram o cinema independente norte-americano e são atribuídos pela Film Independent, uma organização sem fins lucrativos dedicada à promoção do cinema independente. As nomeações às melhores estreias de 2013 são as primeiras entre as habitualmente consideradas mais relevantes nas previsões aos Óscares, como as dos Globos de Ouro ou as dos Sindicatos de cada especialidade.

A edição de 2014 será apresentada por Patton Oswalt a 1 de março e distingue o drama sobre a escravatura «12 Anos Escravo» com sete nomeações, designadamente Melhor Filme, Realizador ( Steve McQueen), Ator ( Chiwetel Ejiofor), Atriz Secundária (Lupita Nyong’o), Ator Secundário ( Michael Fassbender), Argumento ( John Ridley) e Fotografia.

Segue-se o drama a preto e branco «Nebraska» com seis, incluindo Melhor Filme, Realizador ( Alexander Payne), Ator ( Bruce Dern), Atriz Secundária (June Squibb) e Ator Secundário (Will Forte). Com quatro nomeações emerge ainda o drama «Quando Tudo Está Perdido», com a personagem perdida em alto mar de Robert Redford a ser a única visível no filme, e com três destacam destacam-se ainda «Short Term 12», «Fruitvale Station» e «Blue Jasmine», com Cate Blanchett a confirmar o favoritismo.

«Frances Ha», «A Propósito de Llewwyn Davis» e «O Clube de Dallas» também estão na corrida.

Eis a lista de nomeações:

Melhor Filme

«12 Anos Escravo»
«Quando Tudo Está Perdido»
«Frances Ha»
«A Propósito de Llewyn Davis»
«Nebraska»

Melhor Realizador

Shane Carruth, por «Upstream Color»
J.C. Chandor, por «Quando Tudo Está Perdido»
Steve McQueen, por «12 Anos Escravo»
Jeff Nichols, por «Mud»
Alexander Payne, por «Nebraska»

Melhor Atriz

Cate Blanchett, por «Blue Jasmine»
Julie Delpy, por «Antes da Meia-Noite»
Gaby Hoffmann, por «Crystal Fairy»
Brie Larson, por «Short Term 12»
Shailene Woodley, por «The Spectacular Now»

Melhor Ator

Bruce Dern, por «Nebraska»
Chiwetel Ejiofor, por «12 Anos Escravo»
Oscar Isaac, por «A Propósito de Llewyn Davis»
Michael B. Jordan, por «Fruitvale Station»
Matthew McConaughey, por «O Clube de Dallas»
Robert Redford, por «Quando Tudo Está Perdido»

Melhor Atriz Secundária

Melonie Diaz, por «Fruitvale Station»
Sally Hawkins, por «Blue Jasmine»
Lupita Nyong’o, por «12 Anos Escravo»
Yolonda Ross, por «Go For Sisters»
June Squibb, por «Nebraska

Melhor Ator Secundário

Michael Fassbender, por «12 Anos Escravo»
Will Forte, por «Nebraska»
James Gandolfini, por «Enough Said»
Jared Leto, por «O Clube de Dallas»
Keith Stanfield, por «Short Term 12»

Melhor Argumento

Woody Allen, por «Blue Jasmine»
Julie Delpy, Ethan Hawke & Richard Linklater por «Antes da Meia-Noite»
Nicole Holofcener, por «Enough Said»
Scott Neustadter & Michael H. Weber, por «The Spectacular Now»
John Ridley, por «12 Anos Escravo»

Melhor Primeiro Filme

«Blue Caprice», de Alexandre Moors
«Concussion», de Stacie Passon
«Fruitvale Station», de Ryan Coogler
«Una Noche», de Lucy Mulloy
«Wadjda», de Haifaa Al Mansour

Melhor Primeiro Argumento

Lake Bell, por «In A World»
Joseph Gordon-Levitt, por «Don Jon»
Bob Nelson, por «Nebraska»
Jill Soloway, por «Afternoon Delight»
Michael Starrbury, por «The Inevitable Defeat of Mister and Pete»

Prémio John Cassavetes (atribuído à melhor longa-metragem feita por menos de 500 mil dólares)

«Computer Chess», de Andrew Bujalski
«Crystal Fairy», de Sebastiàn Silva
«Museum Hours», de Jem Cohen
«Pit Stop», de Yen Tan
«This is Martin Bonner», de Chad Hartigan

Melhor Fotografia

«12 Anos Escravo»
«Spring Breakers - Viagem de Finalistas»
«A Propósito de Llewyn Davis»
«Quando Tudo Está Perdido»
«Computer Chess»

Melhor Montagem

«Upstream Color»
«Museum Hours»
«Frances Ha»
«Una Noche»
«Short Term 12»

Melhor Documentário

«20 Feet From Stardom», de Morgan Neville
«After Tiller», de Martha Shane & Lana Wilson
«Gideon’s Army», de Dawn Porter
«The Act of Killing», de Joshua Oppenheimer
«The Square», de Jehane Noujaim

Melhor Filme Internacional

«China - Um Toque de Pecado» (China), de Jia Zhang-Ke
«A Vida de Adèle: Capítulos 1 e 2» (França), de Abdellatif Kechiche
«Gloria» (Chile), de Sebastián Lelio
«La Grande Bellezza» (Italy), de Paolo Sorrentino
«A Caça» (Dinamarca), de Thomas Vinterberg

Comentários