Artigo

Alfonso Cuarón vence troféu do Sindicato do Realizadores por «Gravidade»

Cada vez parece mais certo que Alfonso Cuarón levará para casa o Óscar de Melhor Realizador por «Gravidade». O último indicador foi dado esta madrugada pela vitória nos prémios do Sindicato dos Realizadores.

Há muitos anos que o troféu de Melhor Realizador do Sindicato dos Realizadores da América (Directors Guild of America) é considerado de grande fiabilidade na previsão do vencedor do Óscar de Melhor Realizador. Desde 1948, ano em que estes galardões foram criados, só sete vezes é que os vencedores não coincidiram, uma delas o ano passado, com a vitória de Ben Affleck, que nem sequer nomeado ao Óscar nessa categoria.

As hipóteses parecem, assim, cada vez melhores para o mexicano Alfonso Cuarón pelo filme «Gravidade», ao ser o o preferido dos 14 mil votantes desta associações de cineastas.

Nas categorias de televisão, um dos principais distringuidos foi Steven Soderbergh pelo telefilme «Por Detrás do Candelabro», que na Europa foi visto nas salas de cinema.

Eis a lista completa de vencedores dos troféus do Sindicato dos Realizadores da América:

Melhor Longa-Metragem para Cinema: Alfonso Cuarón, por «Gravidade»
Melhor Documentário: Jehane Noujaim, por «The Square»
Melhor Série Dramática: Vince Gilligan, pelo episódio «Felina» de «Breaking Bad»
Melhor Série de Humor: Beth McCarthy-Miller, pelo episódio «Hogcock!/Last Lunch» de «30 Rock»
Melhor Filme para Televisão e Mini-Série: Steven Soderbergh, por «Por Detrás do Candelabro»
Melhor Programa de Variedades/Notícias/Desporto: Don Roy King, pelo episódio «Saturday Night Live with Host Justin Timberlake» de «Saturday Night Live»
Melhor Especial de Variedades/Notícias/Talk Show: Glenn Weiss, pelos «The 67th Annual Tony Awards»
Melhor «Reality Program»: Neil P. DeGroot, por «The Lost Coast», de «72 Hours»
Melhor Programa Infantil: Amy Schatz, por «An Apology to Elephants»
Melhor Anúncio: Martin de Thurah, por The Man Who Couldn’t Slow Down, Hennessy VS; Human Race, Acura MDX 2014
Troféu Honorário Robert B. Aldrich: Steven Soderbergh

Comentários