Artigo

Amanda Peterson, estrela de «Namorada Aluga-se», morre aos 43 anos

A atriz fez um forçado par romântico com um jovem Patrick Dempsey no popular clássico para adolescentes de 1987.

Amanda Peterson, que foi por um breve instante uma estrela de Hollywood, foi encontrada sem vida a 5 de julho no seu apartamento em Greeley, no Colorado.

A causa oficial está por apurar, mas o pai adiantou que sofria de apneia do sono e pneumonia e sinusite estavam entre outros problemas recentes de saúde.

A antiga atriz ocupa um lugar muito especial na cultura popular graças a «Can't Buy Me Love» (87), que também teve impacto nas salas e no video em Portugal como «Namorada Aluga-se».

Ela era a popular «cheerleader» Cindy Mancini, a quem um estudante «marrão» interpretado por um jovem Patrick Dempsey alugava por mil dólares para fingir ser a sua namorada durante um mês, integrando-se assim no «grupo de elite» a que esta pertencia.

Com um título retirado da canção dos Beatles, o filme de Steve Rash pertence a um grupo incontornável de títulos dos anos 1980, como «Negócio Arriscado», «O Clube», «O Primeiro Ano do Resto das Nossas Vidas», e «O Rei dos Gazeteiros», realizados por John Hughes e outros, que captavam, com mais drama ou comédia, a experiência da adolescência.

Nascida em 1971, Amanda Peterson, então ainda Mandy Peterson, foi uma das 10 finalistas escolhidas entre oito mil jovens para o filme «Annie» (82), de John Huston. O papel principal acabou por ir para Aileen Quinn, mas ela ficou como uma das órfãs.

Seguiram-se trabalhos na televisão e o filme «Os Exploradores» (85), ao lado de Ethan Hawke e River Phoenix, antes do seu breve encontro com a fama aos 16 anos.

Após mais alguns trabalhos em cinema e televisão sem grande impacto, retirou-se em 1994, quando tinha apenas 23 anos. Casou duas vezes e deixa dois filhos.


Comentários