Artigo

Andrew Garfield interpreta missionário português em filme de Scorsese

O realizador Martin Scorsese vai filmar «Silêncio», um projeto há muito acalentado pelo cineasta norte-americano, com o ator Andrew Garfield (o recente Homem Aranha) a interpretar um jesuíta português, informou a revista Variety.

Após duas décadas a tentar levar em frente a produção de «Silêncio», Martin Scorsese vai começar a filmar em junho do próximo ano o filme baseado no romance do falecido escritor japonês Shusaku Endo, que aborda as dificuldades dos missionários jesuítas no país do Sol Nascente. A película, cujos direitos internacionais serão negociados no próximo Festival de Cannes (França), conta também com a participação do ator japonês Ken Watanabe ( «O Último Samurai»).

Em declarações à revista Variety, Scorsese acrescentou que se trata de um filme muito pessoal sobre as raízes da fé religiosa, questões que ele já abordara em fitas como «A Última Tentação de Cristo» (1988) ou «Kundun» (1997). «É algo que sempre fez parte da minha vida», declarou, acrescentando ser «difícil de entender para pessoas que não cresceram nesse mundo, o do catolicismo de Nova Iorque durante os anos 50».

«Impressionou-me muito fazer parte desse mundo, e depois, aos 15 ou 16 anos, percebi que era muito mais difícil e complicado do que eu pensava, em termos de vocação», acrescentou.

Andrew Garfield vai interpretar Rodrigues, um padre jesuíta português do século XVII, que viaja para o Japão com outro sacerdote entre rumores de que o mentor abandonou a Igreja. É um tempo de perseguição religiosa num país asiático e os cristãos foram forçados a adorar de forma clandestina. Watanaba encarnará o intérprete dos sacerdotes e elenco integra ainda atores japoneses, incluindo Issei Ogata.

O filme, que já tivera um versão em 1971 dirigida por Masahiro Shinoda, deverá ser maioritariamente falado em japonês.

Comentários