Artigo

Ator Dennis Farina morre aos 69 anos

Foi polícia na vida real antes de se dedicar à vida de ator no cinema e na televisão, sendo particularmente recordado pelos papéis nas séries «Lei e Ordem» e «Crónicas do Crime». Dennis Farina morreu aos 69 anos.

Dennis Farina, o ator de filmes como «Jogos Quase Perigosos» e «Fuga à Meia-Noite» faleceu num hospital de Scottsdale, no Arizona, segundo algumas fontes devido a um coágulo de sangue no pulmão.

Durante 18 anos, entre 1967 e 1985, Farina foi um oficial do departamento de roubos da polícia de Chicago. Foi o realizador Michael Mann que lhe apadrinhou aos 37 anos a entrada no mundo do cinema e da televisão, primeiro como consultor e depois com um pequeno papel no filme «O Ladrão Profissional», de 1981. Tornou-se popular logo a seguir, ainda pela mão de Mann, em duas séries que ele produziu: primeiro como o mafioso Albert Lombard na série «Miami Vice» e depois já no papel principal do tenente Mike Torello na série «Crónicas do Crime».

No cinema, os seus papéis mais memoráveis foram também de mafioso, nos filmes «Fuga da Meia-Noite» e «Jogos Quase Perigosos», mas surgiu também com relevo em fitas como «O Resgate do Soldado Ryan», «Manhunter - Caçada ao Amanhecer», «Romance Perigoso», «Snatch - Porcos e Diamantes», «Little Big League» e «The Mod Squad».

Sempre ativo, entre 2004 e 2006 voltou às luzes da ribalta no papel do detetive Joe Fontana na série «Lei e Ordem», e em 2012 na série «Luck», ao lado de Dustin Hoffman. Ao todo, entre cinema e televisão, Farina interpretou mais de 75 personagens, quase todas de recorte policial, nos dois lados da lei.

Comentários