Artigo

«Birdman» ganha novo prémio e confirma favoritismo para os Óscares

Alejandro González Iñárritu foi distinguido pelo sindicato dos realizadores americanos, considerado o indicador mais seguro para os Óscares.

Alejandro González Iñárritu recebeu no sábado à noite o prémio do Directors Guild of American (DGA), o sindicato dos realizadores americanos, assegurando o completo favoritismo de «Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)» para os Óscares.

Os DGA são, de longe, o grupo que melhor tem antecipado os Óscares: em 66 anos de história, apenas 7 dos seus premiados não receberam o prémio da academia.

Um resultado diferente nos Óscares parece agora uma hipótese remota e desenha-se assim a repetição do ocorrido em 2011, quando «a Rede Social» recolheu as preferências da crítica e «O Discurso do Rei» as da indústria. Este ano, esses papéis parecem ter sido distribuídos entre «Boyhood - Momentos de uma Vida» e «Birdman».

O filme liderado pelas interpretações de Michael Keaton, Edward Norton e Emma Stone foi a escolha dos três principais ramos da indústria: para além da distinção dos realizadores, foi considerado o melhor filme de 2014 pelo sindicato dos produtores e o melhor elenco pelo grupo dos atores.

Comentários