Artigo

«Boyhood», «O Jogo da Imitação» e «Birdman» favoritos aos Globos de Ouro

A cerimónia para os prémios vistos como um precursor dos Óscares realiza-se esta noite em Los Angeles, início da madrugada em Portugal.

«Boyhood - Momentos de uma Vida» e «O Jogo da Imitação» lideram os prognósticos para o prémio de melhor filme em drama, ««Birdman (ou a Inesperada Virtude da Ignorância)» é o grande favorito na categoria de comédia ou musical, na 72ª edição dos Globos de Ouro.

Mesmo dividindo os filmes nas categorias de drama e comédia ou musical, os prémios são vistos como um bom prognóstico do que poderão ser as escolhas dos membros da Academia para os Óscares, ainda que nos últimos anos tenham aumentado as diferenças.

Nas categorias de interpretação, acredita-se que Julianne Moore será eleita melhor atriz em drama por «O Meu Nome é Alice», com Emily Blunt a receber a distinção na categoria de comédia ou musical com «Caminhos da Floresta».

Entre os atores pensa-se que Michael Keaton vai dominar com «Birdman» em comédia ou musical, mas na categoria de drama existem muito menos certezas, ainda que o nome mais consensual nestes últimos dias seja o de Eddie Redmayne por «A Teoria de Tudo».

Entre os secundários, os grandes favoritos são J.K. Simmons («Whiplash - Nos Limites») e Patricia Arquette («Boyhood»).

Na realização, os analistas defendem que tudo será discutido entre Alejandro González Iñárritu («Birdman») e Richard Linklater por «Boyhood».

«Birdman», sobre um ator a tentar reconstruir a sua carreira, é o filme mais nomeado da noite. Para além de filme e realização, é candidato em mais cinco categorias: ator (Michael Keaton), ator secundário (Edward Norton), atriz secundária (Emma Stone), argumento e banda sonora.

Na categoria de drama, «Boyhood», sobre o crescimento de um jovem e da sua família ao longo de 12 anos, e «O Jogo da Imitação», que retrata como as tentativas do matemático Alan Turing para desvendar o código Enigma durante a Segunda Guerra Mundial, estão nomeados em cinco categorias: o primeiro para filme, ator secundário (Ethan Hawke), atriz secundária (Patricia Arquette), realização e argumento, o segundo em filme, ator (Benedict Cumberbatch), atriz secundária (Keira Knightley), argumento e banda sonora.

Nos últimos dias especula-se sobre as hipóteses de «Selma». Bastante ignorado por outros prémios, o filme, liderado por David Oyelowo como Martin Luther King e que retrata o movimento de liberdades civis que liderou nos anos 60, está nomeado em quatro categorias: filme, ator, realização (Ava DuVernay) e canção.

São ainda atribuídos prémios aos programas de televisão. «True Detective», House of Cards», «Fargo», «A Guerra dos Tronos» e «Downton Abbey» dominam um segmento que se destaca ainda pela presença de muitos atores que vemos mais frequentemente no grande ecrã: Kevin Spacey, Woody Harrelson, Matthew Mcconaughey, Mark Ruffalo, Bill Murray, Clive Owen, Michelle Monaghan e Viola Davis.

A cerimónia realiza-se esta noite em Los Angeles, quando for uma da manhã em Portugal Continental, apresentada por Tina Fey e Amy Poehler. Tem transmissão em direto no canal SIC Caras.

Comentários