Artigo

Cães foram ver o filme «Deus Branco»

Animais e seus donos misturaram-se na plateia, numa antestreia de cinema muito original em Lisboa.

Dezenas de amigos dos animais tiveram a oportunidade de ir ver o filme «Deus Branco» na companhia dos seus cães – uma antestreia única que decorreu no cenário da Fábrica da LX Factory, em Alcântara, Lisboa.

A iniciativa partiu da Alambique Filmes que, em colaboração com as associações SOS Animal, Animais de Rua e Change for Animals Foundation, juntou nesta sessão especial cerca de 200 pessoas e 80 amiguinhos de quatro patas.

«Com esta iniciativa pretendemos acabar com o tabu que existe em Portugal que impede os animais de frequentarem espaços comerciais e lúdicos. A legislação europeia já o permite, outros países já o fazem, e esta é uma forma de começar a rasgar a cortina», disse Sandra Duarte Cardoso, presidente da SOS Animal, ao Sapo Cinema.

As atrizes Sandra Cóias e Mafalda Luís de Castro foram as madrinhas desta iniciativa solidária, cujas receitas reverteram para as três associações de proteção animal acima referidas.

«Os cães sabem comportar-se muito melhor nos espaços públicos do que certas crianças birrentas. Os animais acabam por ser o espelho dos donos e a grande maioria sabe estar, como se comprovou nesta sessão», sublinhou Sandra Cóias.

Na verdade, nesta exibição especial do filme premiado com a “Dog Palm” no Festival Internacional de Cinema de Cannes, os latidos vieram apenas da tela instalada da Fábrica LX.

«Deus Branco», que esta quinta-feira, 28 de maio, chegou às salas de cinema nacionais, conta com um «elenco» de 247 cães resgatados de canis húngaros, que acabaram por ter um final feliz, ao serem todos adotados após a rodagem desta longa-metragem assinada por Kornél Mundruczó.

Comentários