Artigo

Cinema premiado em Cannes, Berlim e Veneza chega ao Lisbon & Estoril Film Fest

O sociólogo Edgar Morin e os realizadores Abel Ferrara, Philippe Garrel, Stephen Frears e os irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne estarão no festival que exibirá ainda filmes premiados a nível internacional.

Do Festival de Cinema de Cannes chegam «Winter Sleep», de Nuri Bilge Ceylan (Palma de Ouro), «As Maravilhas», de Alice Rohrwacher (Grande Prémio), «Mommy», de Xavier Dolande (Prémio do Júri»), «Maps to The Stars» e «Mr. Turner», que valeram prémios aos atores Timothy Spall e Julianne Moore; de Veneza surge «The Postman’s White Nights», de Andrey Konchalovsky (prémio de realizador); de Berlim vem «Black Cat Thin Ice», de Yi’nan Diao (Urso de Ouro).

Estes são alguns dos títulos exibidos fora da competição no Lisbon & Estoril Film Fest em 2014, anunciados em conferência de imprensa liderada por Paulo Branco. O festival decorrerá de 7 a 16 de novembro em várias salas de Lisboa e do Estoril e as atenções repartem-se entre os filmes escolhidos, dentro e fora e competição, - grande parte dos quais recentes e premiados - e as personalidades convidadas.

«Saint Laurent», de Bertrand Bonello, «Deux Jours, Une Nuit», dos irmãos Dardenne, pré-candidatos ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, «Variações de Casanova», de Michael Sturminger, «Welcome To New York» e «Pasolini», de Abel Ferrara, cujos realizadores estarão presentes, e a versão integral de «Ninfomaníaca», de Lars Von Trier, são outros dos destaques de uma programação que inclui uma secção de competição com trabalhos de John Boorman, Jaime Rosales, Hong San Soo, Bruno Dumont ou Jessica Hausner.

Entre as personalidades convidadas estão ainda realizadores como Bruno Dumont e Elia Suliman, atores como Gaspard Ulliel, Nina Hoss, Sabine Azéma, Victoria Guerra e Willem Dafoe, e personalidades como Edgar Morin ou Julião Sarmento. De acordo com a programação hoje anunciada, a organização mantém o convite para Julian Assange, fundador do Wikileaks, participar no festival. Assange está exilado há mais de dois anos na embaixada do Equador em Londres.

Homenagens a John Malkovich e Maria de Medeiros, retrospetivas das carreiras de Andrzej Zulawski, Gonzalo García Pelayo, Kléber Mendonça Filho, Marlen Khutsiev, Philippe Garrel e Tariq Téguia, sessões especiais, masterclasses, exposições, concertos, simpósios ou a exibição em ante-estreia do primeiro episódio da série «Gothan» fazem ainda parte das iniciativas previstas.

Comentários