Artigo

De Samuel L. Jackson a Bill Pullman: os Presidentes dos EUA na ficção

Com «Big Game - Instinto Caçador», Samuel L. Jackson junta-se a uma galeria de notáveis presidente dos EUA a brincar no cinema. O SAPO Cinema recorda as curiosas figuras históricas que só viveram no grande ecrã.

Em «Big Game - Instinto Caçador», Samuel L. Jackson surge como o presidente dos EUA William Alan Moore, que fica ferido numa floresta gelada quando o Air Force One é abatido por um grupo terrorista e a sua única esperança de sobrevivência é um rapaz de 13 anos.

Nunca houve, claro está, nenhum presidente dos EUA com esse nome.

A interpretação de presidentes a sério como Richard Nixon, Harry Truman, John Quincy Adams e Abraham Lincoln valeu nomeações e prémios aos respetivos atores, mas os que ficaram pela completa invenção têm muito mais dificuldades em ver o seu trabalho reconhecido: o único presidente de ficção nomeado para os Óscares foi o interpretado por Jeff Bridges em «O Jogo do Poder».

Entre a caricatura e a seriedade, entre fazer política ou pegar em armas, o SAPO Cinema recorda vários atores que já chegaram à Sala Oval da Casa Branca sem carregarem o peso da história.

Comentários