Artigo

DiCaprio, Pitt e De Niro às ordens de Scorsese... mas o filme não vai chegar ao cinema

Os atores trabalharam com o realizador num anúncio para uma cadeia de hotéis com orçamento digno de uma grande produção de Hollywood.

Podia ser um filme de sonho: Leonardo DiCaprio, Brad Pitt e Robert De Niro juntos num filme ambientado num glamoroso casino, com Martin Scorsese atrás das câmaras.

E, na verdade, as grandes estrelas foram reunidas... para uma curta-metragem que o realizador filmou para ajudar a promover o lançamento de uma meca do jogo em Macau inspirada no mundo do cinema em 2015, o Studio City, que vai estar equipada com 500 mesas de jogo e 1500 «slot machines», empregando cerca de oito mil pessoas.

O cachet dos atores foi digno das estrelas que são: cada um recebeu 13 milhões de dólares pelo trabalho de dois dias escrito pelo criador da série «Boardwalk Empire». Mas quando o investimento é mais de 2,3 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros), um orçamento de 70 milhões para uma produção com vista a combater a imagem de vício e corrupção do antigo território sob administração portuguesa, é insignificante.

Comentários