Artigo

Diferenças de idade nos pares românticos no cinema são cada vez maiores

Sean Connery e Catherine Zeta-Jones em «A Armadilha» ou Will Smith e Margot Robbie em «Focus» são alguns casos da lei de Hollywood que permite aos atores de Hollywood envelhecer, mas não às suas colegas.

Maggie Gyllenhaal foi recentemente considerada, com 37 anos, «demasiado velha» para interpretar a namorada de um ator de 55 anos... não identificado.

A notícia apenas confirmou como desde sempre tem sido permitido às estrelas masculinas em Hollywood envelhecerem, mas não às suas parceiras.

De acordo com os censos, quase 60% dos casais nos EUA têm uma diferença de 2-3 anos entre si e por exemplo apenas 1,6% estão separados por 15 anos, mas esse valor é relativamente curto entre as duplas mais ou menos românticas apresentadas pelo cinema.

O caso mais célebre e extremo de diferenças de idade foi protagonizado por Sean Connery e Catherine Zeta-Jones em «A Armadilha», em 1999, mas uma vez que poucos atores são como Tom Hanks, que tem mantido as suas parceiras a uma distância de menos de 10 anos, e alguns gostam mesmo «delas» bastante novinhas, é possível reunir outros casais no cinema com diferenças de idade pouco comuns.

Comentários