Artigo

Disney pode perder 140 milhões com «Tomorrowland»

O estúdio já está a fazer contas a «Tomorrowland - Terra do Amanhã», mas tem a consolação de ainda ter outros importantes filmes para compensar o prejuízo.

«Tomorrowland - Terra do Amanhã» era um dos poucos filmes de grande orçamento que Hollywood ia lançar este verão que tinham uma ideia original, mas apesar das grandes expetativas, a Disney começa a fazer contas.

De acordo com o The Hollywood Reporter, o estúdio pensa que a fantasia realizada por Brad Bird, um dos seus realizadores mais importantes, e protagonizada por George Clonney, irá representar um prejuízo que pode chegar aos 140 milhões de dólares [125 milhões de euros].

O prejuízo é o maior para a Disney desde a temporada de 2012-13, quando as contas de «John Carter», com Taylor Kitsch, e «O Mascarilha», com Johnny Depp, ficaram 390 milhões no vermelho.

De acordo com os analistas, um filme normalmente precisa fazer três vezes o que custou para o estúdio ver algum lucro depois de contabilizadas todas as despesas.

«Tomorrowland» custou 180 milhões e nos EUA as receitas ainda não chegaram aos 80 nas bilheteiras. Uma vez que a nível internacional a carreira comercial também está a ser uma desilusão - em Portugal, foi visto por 56 mil pessoas -, as receitas totais devem ficar por pouco mais de 200 milhões.

Ainda assim, trata-se de um prejuízo que não irá causar grande mossa à Disney: o estúdio é dono da Marvel, Pixar e Lucasfilm e para além de «Vingadores: Era de Ultron», que já rendeu mais de 1,35 mil milhões de dólares, ainda vai lançar até ao fim do ano «Divertida-Mente», «Homem-Formiga» e... «Star Wars: Episódio VII: O Desperatrd a Força».

Comentários