Artigo

Disney quer fazer nova versão de «Do Cabaré para o Convento»

O estúdio quer recuperar um dos grandes sucessos dos anos 90 e que representou um dos triunfos mais marcantes na carreira de Whoopi Goldberg.

Numa era em que os estúdios apostam cada vez mais em sucessos do seu passado, eis uma notícia que não surpreende: a Disney começou a preparar um novo capítulo da saga «Do Cabaré para o Convento».

A notícia foi avançada pelo The Hollywood Reporter, que indica ainda que o projeto está a ser escrito por duas das mais importantes argumentistas de comédias femininas: Kirsten "Kiwi" Smith e Karen McCullah.

Este duo foi responsável pelas histórias de filmes como «10 Coisas Que Odeio em Ti», «Legalmente Loira», «Ella Encantada», «Ela é... Ele», «A Casa das Coelhinhas» e «ABC da Sedução».

«Do Cabaré para o Convento» rendeu 140 milhões de dólares nos EUA em 1992, um sucesso de tal forma surpreendente que logo no ano seguinte surgiu uma sequela e mais tarde um musical nas salas de teatro do West End de Londres e Broadway.

Não existem detalhes sobre a história e elenco, nomeadamente se Whoopi Goldberg estará envolvida de alguma forma.

Os filmes estão entre os mais importantes da sua carreira e a personagem tornou-se uma imagem de marca durante vários anos: ela era Deloris Van Cartier, uma cantora de Las Vegas que, após ver o seu namorado mafioso (Harvey Keitel) matar o motorista, é colocada num convento em São Francisco no âmbito de um programa de proteção de testemunhas e tem de fingir que é a freira Mary Clarence. No entanto, a sua verdadeira forma de estar na vida rapidamente vai causar ondas de choque, nomeadamente com a austera Madre Superiora interpretada pela britânica Maggie Smith.

A produção do novo filme será de Allison Shearmur, responsável pelo recente sucesso de «Cinderela».

Comentários