Artigo

Estes são os atores que ganham demais em Hollywood

A revista Forbes fez as contas e concluiu que Adam Sandler e Johnny Depp estão entre os que recebem um salário superior ao que merecem pelas receitas geradas pelos seus filmes.

A Forbes lançou a lista dos 10 atores excessivamente bem pagos em Hollywood e o Adam Sandler lidera pelo segundo ano consecutivo.

Para criar a lista, a revista financeira examinou os últimos três filmes que os atores fizeram até junho de 2014 que tenham tido um grande lançamento (mais de duas mil salas), excluindo animações ou os casos em que o papel tenha sido muito pequeno, e compara o orçamento com as receitas e os salários, de acordo com as estimativas da sua lista TOP100 de celebridades, encontrando o respetivo retorno.

Usando este modelo, os analistas da Forbes concluíram que cada dólar pago a Sandler gerou apenas $3,20. Um resultado que se deve, entre outros fracassos, à recente desilusão «Umas Férias Inesperadas», a terceira comédia romântica que fez com Drew Barrymore.

Muito perto ficou Johnny Depp, que gera um retorno de $4,1 por cada dólar que é pago e isso acontece porque apesar de comandar sagas como «Piratas das Caraíbas» e «Alice no País das Maravilhas», os espectadores ficaram bem longe de «Sombras da Escuridão», «O Mascarilha» e «Transcendence: A Nova Inteligência». No entanto, com sequelas dos seus filmes de sucesso previstas para 2016 e 2017, rapidamente a estrela sairá desta incómoda lista.

O modelo tem algumas fragilidades, como se conclui pela presença de Sandra Bullock em nono lugar: é que apesar de «Extremamente Alto, Incrivelmente Perto» ter sido uma desilusão em 2011, «Armadas e Perigosas» e principalmente «Gravidade» foram grandes sucessos no ano passado.

O que acontece é que a Forbes também inclui os acordos de compensação ou seja, a percentagem de receitas de bilheteira que cada estrela negociou caso o filme seja um êxito comercial, comuns quando aceitam receber menos do que o seu valor habitual no início.

Assim, quando «Gravidade» rende 716 milhões de dólares a partir de um orçamento de 100, a metodologia faz com que Bullock pareça excessivamente paga quando se tratou de uma recompensa por ter assumido um risco ao cortar no seu salário.

Como salienta a Forbes, esse é o tipo de excesso com que os estúdios não têm qualquer problema...

Comentários