Artigo

Ewan McGregor chama parasitas a alguns fãs de «Star Wars»

O ator não poupou nas palavras para acusar esses fãs de oportunismo, mas confirmou ainda que a rodagem de «Trainspotting 2» pode mesmo acontecer em 2016.

Em entrevista à publicação Details, Ewan McGregor manifestou o seu desdém por alguns pseudo-fãs da saga «A Guerra das Estrelas» que o abordam na rua. Porém, a desagradável reação não tem como destinatárias as crianças ou as pessoas que verdadeiramente gostam do universo dos filmes criados por George Lucas.

«Nunca fui a uma dessas convenções [onde se proporcionam encontros entre os fãs e artistas]. As pessoas que encontro são os cab**** que querem que assine fotografias «Star Wars» para que elas as possam vender na Internet ou as que, nas antestreias, esmagam as crianças contra as grades para conseguirem que assine as suas fotografias de me*** do Obi-Wan Kenobi», esclarece. «Eles não são fãs, são parasitas falhados e masturbadores do ca*****».

A entrevista tem detalhes mais pacíficos, e publicáveis, sobre a sequela do clássico «Trainspotting». Há um ano, o realizador Danny Boyle afirmou que podia ser filmada em 2016, vagamento baseada na obra «Porno» e com o envolvimento do seu autor, Irvine Welsh, e agora o ator, que interpretou Renton, indicou que realmente existe essa possibilidade e que está disponível.

«Parece que pode acontecer. A ideia é filmar em 2016, o que seria 20 anos depois da estreia do filme original. E estaria disponível para isso. Há 10 anos, não, mas agora estou», contou o ator, numa alusão ao período em que, após de ser um colaborador frequente de Boyle, esteve de relações cortadas depois deste o ter trocado no último momento por Leonardo DiCaprio no filme «A Praia» (2000).

«Foi uma situação infeliz e não foi bem gerida. Fiquei muito zangado. Mas o tempo passou e deitámos para trás das costas os rancores e toda essa me***».

Comentários