Artigo

«Fantástico Homem-Aranha 2» prejudicado por cortes, diz Andrew Garfield

O ator lamentou que as interferências do estúdio levassem à remoção de cenas bastantes importantes que prejudicaram a história.

Andrew Garfield, que interpreta a personagem principal de «O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro», queixou-se numa entrevista das interferências do estúdio Sony Pictures, que arruinaram o «fio condutor» da história, e do corte de cenas importantes que exploravam Peter Parker.

«Gostei genuinamente do argumento original, mas certas pessoas no estúdio tiveram problemas com certas partes dele. Acho que o que aconteceu é que, durante a pré-produção, produção e pós-produção, quando se tem algo que funciona como um todo, e depois se começa a remover partes dele, porque ainda existia mais do que o que estava na versão final e estava tudo relacionado... quando se começam a tirar partes e a dizer «não, isto não funciona», então o fio condutor quebra-se e é difícil acompanhar a fluidez da história».

O filme recebeu críticas de vários setores pelo excesso de vilões e partes da história mal exploradas, com as receitas no mercado norte-americano a ficarem abaixo do esperado, ainda que a nível global estas tenham chegado a uns respeitáveis 708 milhões de dólares.

Garfield referiu ainda que «está «orgulhoso de muitas das suas partes» e divertiu-se durante a produção, e ficou algo surpreendido pela reação: «Será que é por ser o quinto filme Homem-Aranha em sabe-se lá quantos anos e existe alguma fatiga? Será que existiam coisas a mais? Será que era por elas não se ligarem? Se se ligassem sem problema, teria sido demais? Será que houve questões de tom? O que foi? Acho que tudo o que é valioso... aprecio críticas construtivas».

Comentários