Artigo

Festa do Cinema Francês: Filme do dia: «A Segunda Vida de Camille»

Uma variação francesa de «Peggy Sue Casou-se», «A Segunda Vida de Camille» é realizado e protagonizado por Noémie Lvovsky, que está em Lisboa para apresentar o filme que abre a 14ª edição da Festa do Cinema Francês.

Na noite da passagem de ano, Camille regressa ao passado, aos seus 16 anos, à sua família, aos seus amigos, a Eric. Lá, revive as suas memórias, redescobrindo-as com a doçura e vivacidade da sua juventude. Um filme nostálgico, cheio de humor e fantasia.

«A Segunda Vida de Camille» é realizado e protagonizado por Noémie Lvovsky, que se estreou atrás das câmaras em 1994 com «Oublie-moi». Em 2001, começa o seu percurso de actriz com o filme de Yvann Attal, «Ma Femme est une Actrice», a que se seguiram «Rois et Reine», de Arnaud Depleschain, e «L’Un reste, l’autre part», de Claude Berri, entre muitos outros. Voltou à realização em 2003, com «Les Sentiments», cujo enorme sucesso lhe valeu quatro nomeações ao César.

O filme é exibido hoje, às 22h00, no Cinema São Jorge, em Lisboa, com a presença de Noémie Lvovsky, e repete a 14 de outubro, às 19h00, no Institut Français de Portugal, também em Lisboa; 16 de outubro às 21h30 no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada; a 25 de outubro às 21h00, no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra; a 1 de novembro às 21h00, no Teatro Municipal de Faro; a 2 de novembro às 18h30, no Pax Julia em Beja; a 4 de novembro às 21h45 no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães; e a 10 de novembro às 18h30, no Rivoli Teatro Municipal, no Porto.

Comentários