Artigo

Festival de Cannes abre com filme realizado por mulher

«La Tête Haute», de Emmanuelle Bercot, será o título de abertura do certame. É a primeira vez desde 1987 que a honra pertence a um título realizado por uma mulher.

A organização do Festival de Cannes anunciou qual o filme que vai abrir o certame da 68ª edição do que é o grande mercado de divulgação do cinema internacional.

A honra foi atribuída a «La Tête Haute», realizado por Emmanuelle Bercot e com Catherine Deneuve, que conta a história de um delinquente juvenil e os esforços de uma juíza do Tribunal de Menores e de um assistente social para o salvar de si mesmo. O protagonista é o estreante Rod Paradot, mas o elenco inclui nomes consagrados como Catherine Deneuve, Sara Forestier e Benoît Magimel.

É a primeira vez desde «Homem Apaixonado» em 1987, realizado por Diane Kurys, que o festival começa com um filme realizado por uma mulher. É também a primeira vez desde 2003 e «Fanfan, O Sedutor» que acontece com um título francês.

A decisão agora conhecida contraria a tradição de abrir com um grande a apelativo filme. No ano passado, a escolha recaiu em «Grace de Mónaco», com Nicole Kidman, e em 2013 em «O Grande Gatsby», a mais recente extravagância de Baz Luhrmann com Leonardo DiCaprio, Tobey Maguire e Carey Mulligan.

O facto foi reconhecido pelo director Thierry Frémaux: «A escolha deste filme pode parecer surpreendente. Reflete claramente o nosso desejo de que o festival comece com um trabalho diferente, ao mesmo tempo ousado e comovente. O filme de Emmanuelle Bercot faz reflexões importantes sobre a sociedade contemporânea, acompanhando o cinema moderno. Foca-se em temas sociais universais, tornando-o uma escolha ideal para o público universal em Cannes».

Não foi anunciado se o filme entrará na secção de competição, cujos títulos serão avaliados por um júri presidido pelos irmãos Coen.

A 68ª edição do Festival de Cannes decorre entre 13 e 24 de maio e na próxima quinta-feira será conhecido o alinhamento principal. Neste momento, está confirmada a exibição fora da competição de «Mad Max: Estrada da Fúria», com Tom Hardy e Charlize Theron.

O GLAMOUR DE CANNES A PRETO E BRANCO

Comentários