Artigo

Festival de Cinema Arquiteturas estreia-se em Lisboa com 110 filmes

A primeira edição do Arquiteturas Film Festival Lisboa vai decorrer entre 26 e 29 de setembro no Cinema City Alvalade, na capital, para exibir 110 filmes de todo o mundo, anunciou a organização.

Concebido pela Do You Mean Arquitecture (DYMA), é o primeiro projeto de longo prazo da entidade, segundo um texto da diretora, Sofia Mourato, descrevendo-o como um evento que celebra o encontro entre o cinema e a arquitetura, as suas "relações criativas e económicas".

A DYMA é apresentada como "um laboratório para arquiteturas imaginárias, que tenciona alcançar uma plataforma global de investigação e criação baseada nas relações interpessoais, na arquitetura e nas artes audiovisuais".

Na primeira edição do festival os 110 filmes em exibição incluem documentários, ficção, filmes experimentais e animação que exploram os temas do urbanismo, ecologia, sociedade, design, história, utopia e tecnologia, entre outros.

No total concorreram 197 filmes de 28 países, nomeadamente Portugal, Brasil, França, Espanha, Estados Unidos, China, Turquia, Eslovénia, Austrália, Dinamarca e Holanda.

Na abertura do festival estará presente o realizador italiano Alessio Bozzer, com o documentário “Why A film About Michele De Lucchi”.

De acordo com a programação anunciada, nos quatro dias do evento estão também previstas conversas informais, uma visita guiada, exposição de fotografia e um atelier para os mais novos.

Está prevista a atribuição de prémios ao Melhor Filme, Melhor Curta, Prémio Audiência, Lusofonia e Novos Talentos.

O prémio consiste na integração dos filmes vencedores num circuito itinerante que passará por diversas cidades portuguesas e estrangeiras.

Antes da inauguração do Festival Arquiteturas decorrerá uma performance audiovisual dos Overlap, "Places That Dance", dia 14 de setembro, no MusicBox, às 22:30, e no dia 19 de setembro, na Cinemateca Portuguesa uma conversa com o realizador João Pedro Rodrigues, após a exibição da sua curta-metragem "A Manhã de Santo António", que tem como cenário o bairro de Alvalade.

Nas atividades paralelas aos filmes constam as "Intersecções", conversas informais entre arquitetos e realizadores de cinema, o "Architects Book Project", com mais de 200 "short clips" sobre o papel ficcional do arquiteto no cinema, e o "Modern Architecture Game", um jogo onde o público pode testar os conhecimentos de arquitetura.

Também haverá uma visita guiada ao bairro de Alvalade, na qual o arquiteto Rui Mendes enuncia locais que serviram de cenário em filmes portugueses e será apresentada uma exposição de fotografia que documenta o papel da arquitetura nas artes visuais em Portugal.

A cerimónia de encerramento e entrega dos prémios decorrerá no dia 29 de setembro, a partir das 24 horas.

Comentários