Artigo

Filme catástrofe de Dwayne Johnson arrasa salas de cinema

«San Andreas» é o maior sucesso da carreira da estrela um dia conhecida como «The Rock».

«San Andreas», um filme catástrofe protagonizado por Dwayne Johnson, arrasou toda a concorrência na sua estreia comercial nos EUA.

Realizado por Brad Peyton, que volta assim a reunir-se com a sua estrela de «Viagem ao Centro da Terra 2: A Ilha Misteriosa» (12), o filme em 3D que mostra uma Califórnia arrasada após um terramoto rendeu 53,2 milhões de dólares nas bilheteiras norte-americanas, surpreendendo os analistas, que apontavam receitas na ordem dos 40 milhões.

O valor representa a maior estreia de sempre para Dwayne Johnson enquanto protagonista, uma vez que na saga «Velocidade Furiosa», a sua personagem é secundária. A estrela interpreta um piloto de helicóptero de resgate que inicia uma perigosa viagem pelo território arrasado para salvar a sua única filha (Alexandra Daddario), de quem tem estado afastado.

O filme inclui ainda Carla Gugino no papel da ex-mulher, no que é o seu terceiro filme com o ator após «Corrida para a Montanha Mágica» (2009) e «Vingança Rápida» (10).

Dan Fellman, chefe de distribuição da Warner, apontou «a química do elenco» e o «material original» como razões do sucesso, além do fator mais importante: que Johnson é uma estrela de cinema consolidada e que o estúdio simplesmente teve sorte em tê-lo no momento certo.

O responsável indicou ainda que o público nunca se cansa dos filmes catástrofe enquanto género «desde que não estreiem uns atrás dos outros».

«San Andreas» estreia em Portugal a 18 de junho.

Comentários