Artigo

Filme do dia: «Akira»

O maior clássico da animação japonesa cumpre 25 anos em 2013 e a Monstra apresenta uma sessão especial de aniversário, de um filme incontornável que nunca estreou em sala em Portugal.

Em 2019, um projeto militar secreto coloca Neo-Tóquio em risco quando transforma o membro de um gangue de motoqueiros num psicopata com poderes mentais capaz de devastar tudo em seu redor, que só dois jovens e um grupo de psíquicos pode deter.

Realizado por Katsuhiro Otomo a partir da monumental série de banda desenhada que então assinava (e que acabou com mais de 2100 páginas), «Akira» tornou-se um marco da animação japonesa, o filme que abriu em definitivo as portas da «anime» aos países do Ocidente, para quais a fita ainda permanece o símbolo máximo do cinema animado nipónico.

Estreado em 1988, tinha então uma qualidade e um apuro na animação verdadeiramente revolucionários no Japão, e ainda hoje surge de forma recorrente nas listas dos melhores filmes animados de sempre.

«Akira» é exibido hoje, 9 de março, às 22h00, no Cinema São Jorge, em Lisboa; e repete às 22h00 do dia 16, no Cinema City Alvalade.

Comentários