Artigo

Filme do dia: «No»

O filme de abertura do IndieLisboa marca o regresso de Pablo Larraín («Tony Manero») ao festival e leva-nos aos bastidores do plebiscito de 1988 no Chile, que decidiria se Pinochet permaneceria ou não no governo.

René Saavedra ( Gael García Bernal), um jovem publicitário, é convencido pelos líderes da oposição a gerir a sua campanha a favor do «Não». Sob o olhar atento da ditadura e com um orçamento reduzido, Saavedra e a sua equipa tentam arquitectar um plano para vencer a eleição e libertar finalmente o país do clima de opressão. Há que escolher bem como usar os 15 minutos de antena que cabe a cada um.

Pablo Larraín utilizou uma câmara U-matic, comum na televisão época dos factos, o que confere realismo e uma textura particular às imagens, que se confundem com os registos e reportagens autênticos que pontuam o filme. «No» foi nomeado ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro na última edição dos prémios da Academia.

«No» é exibido hoje, 18 de abril, às 21h30, no Cinema São Jorge, em Lisboa.

Comentários