Artigo

Filme do dia: «Romanzo di una Strage»

Marco Tullio Giordana, o realizador de «A Melhor Juventude», vai estar na abertura da Festa do Cinema Italiano para apresentar este seu mais recente filme, sobre o massacre de Piazza Fontana, episódio que abre «os anos de chumbo» italianos.

Milão, 12 de Dezembro de 1969: massacre de Piazza Fontana. Um dos episódios mais sangrentos da recente história italiana. A polícia segue uma pista anárquica e para obter informações interroga Pinelli, anárquico não violento, ao longo de três dias de jejum e insónia, ao fim dos quais se precipita misteriosamente da janela do Gabinete do Comandante Calabresi. Ausente no momento do acontecimento, será ele a ser identificado como o direto responsável. Continuando as indagações, Calabresi descobre pistas neonazis e de tráfico ilícito de armas, encobertos pelos Serviços Secretos e pelo Estado. No dia 17 de Maio de 1972, Calabresi é assassinado.

Baseado no livro «Il Segreto di Piazza Fontana», de Paolo Cucchiarelli, «Romanzo di una Strage» é realizado por Marco Tullio Giordana, um cineasta que deu muito que falar em Portugal em 2004 por ter realizado um dos filmes mais amados pelo público na altura, «A Melhor Juventude».

«Romanzo di una Strage» é exibido hoje, 21 de março, às 21h30, no Cinema São Jorge, em Lisboa; e repete em Coimbra, a 2 de abril, às 21h00, no Teatro Académico Gil Vicente; no Porto, a 7 de abril, às 21h30, no Cinema Passos Manuel; e no Funchal, a 14 de abril, às 21h30, no Teatro Municipal Baltazar Dias.

Comentários