Artigo

Filme sobre a morte de Carlos Castro estreia a 28 de maio

João d'Ávila e Rubén Garcia protagonizam «Crime», de Rui Filipe Torres. O poster final também foi divulgado.

«Crime», baseado no assassínio do cronista social Carlos Castro pelo modelo Renato Seabra em Nova Iorque, estreia nas salas de cinema a 28 de maio e já é conhecido o último poster.

No filme, os intervenientes passam a António e Rodrigo, sendo interpretados por João d'Ávila e Rubén Garcia.

O primeiro escreveu a peça «Crime em Nova Iorque», que está na base de uma obra que, de acordo com a produtora Porreiro Pá, «parte de um drama real» e a partir daí reconstrói uma história de poder e submissão entra as duas personagens, uma que «procura o acesso a uma carreira de modelo com posição socialmente reconhecida» e outra, um «cronista do social [que] serve de trampolim para a fama e a glória da passerelle».

«Crime» é realizado por Rui Filipe Torres, um ator que faz a sua estreia atrás das câmaras.



Foi a 7 de Janeiro de 2011 que Carlos Castro foi encontrado morto no quarto do hotel que partilhava com Renato Seabra. Este seria condenado em dezembro de 2012 a 25 anos de prisão pelo homicídio em segundo grau, pena que está a cumprir numa prisão de alta segurança.

Comentários