Artigo

«Gambozinos», de João Nicolau, ganha melhor curta-metragem na Quinzena de Realizadores

O filme «Gambozinos», do realizador português João Nicolau, ganhou na sexta-feira o prémio de melhor curta-metragem na Quinzena dos Realizadores, segundo informação publicada na página de internet do evento paralelo ao Festival de Cannes.

«Gambozinos» é uma das nove curtas programadas na Quinzena dos Realizadores, entre as quais se encontra também «Pouco mais de um Mês», do brasileiro André Novais Oliveira, distinguida no certame com uma menção especial.

A participação na Quinzena dos Realizadores significa um regresso para o cineasta português João Nicolau, que já tinha apresentado no certame as curtas-metragens «Rapace» (2006) e «Canção de Amor e Saúde» (2009).

A comédia francesa «Les Garçons et Guillaumen, à Table», do francês Guillaume Gallienne, foi a longa-metragem vencedora, distinguida com o Art Cinema Award na Quinzena dos Realizadores em Cannes.

«Les Garçons et Guillaumen, à Table» foi igualmente distinguida com o Prix SACD, que recompensa uma longa-metragem francesa entre os filmes selecionados.

«The Selfish Giant», do britânico Clio Barnard, venceu o Label Europa Cinemas.

Criada pela Sociedade dos Realizadores de Filmes, a Quinzena dos Realizadores visa descobrir os filmes de jovens autores e saudar as obras de realizadores conhecidos.

Comentários