Artigo

George Clooney lança apelo para eleição de melhores políticos

O comentário surgiu na estreia de «Tomorrowland: A Terra do Amanhã» e foi o suficiente para se recordar o seu interesse por uma carreira política, mas para já a estrela só não esconde a felicidade que vive ao lado de Amal Alamuddin.

Por entre assinar autógrafos e tirar selfies com os fãs na antestreia europeia de «Tomorrowland: A Terra do Amanhã» em Leicester Square (Londres), George Clooney deixou um recado social mais sério, que passa pela eleição de políticos que possam dar um futuro melhor à sociedade.

Se na aventura futurista realizada por Brad Bird interpreta um inventor que se torna pessimista em relação ao mundo até se juntar a uma adolescente que está determinada a salvá-lo, na realidade a estrela pensa que a solução é outra.

«Acredito que é assim que resolvemos - os políticos são eleitos por nós, portanto nós como um todo podemos sempre tornar as coisas melhores e sempre o fizemos», afirmou.

«Acredito verdadeiramente que sempre que as coisas parecem muito más - e acredito que parecem muito más neste momento -, nós encontramos a solução. Temos de consequir, é assim que a sociedade avança».

Estas declarações foram suficientes para alguns meios de comunicação britânicos recordarem os persistentes rumores, sempre negados, do interesse de George Clooney em enveredar no futuro por uma carreira política no EUA.

Por agora, a estrela de 54 anos, que casou com a advogada ativista dos direitos humanos Amal Alamuddin em setembro do ano passado, prefere partilhar a felicidade de ser um «homem casado», ao mesmo tempo que passou ao lado das questões sobre ter filhos.

«Tomorrowland: A Terra do Amanhã» estreia a 28 de maio dos EUA.

A POLÍTICA NO CINEMA

Comentários