Artigo

"Gladiador 2"? Ridley Scott quer ressuscitar personagem de Russell Crowe

O realizador quer fazer a sequela do Óscar de Melhor Filme e novamente com Russell Crowe como Maximus.

Aos 79 anos,  Ridley Scott não abranda: tem "Alien: Covenant" pronto para estrear, está a escrever a sequela e diz que, se o deixarem, pode avançar com mais três filmes da saga que iniciou com "Alien, O Oitavo Passageiro" (1979).

Além disso, passou o trabalho atrás das câmaras para Denis Villeneuve, mas é a força criativa e o produtor da continuação de "Blade Runner: Perigo Iminente", que permanece um dos filmes mais emblemáticos da sua carreira.

Agora, o realizador avançou com mais uma notícia surpreendente: a possibilidade de fazer a sequela de "Gladiador", o seu épico sobre o Império Romano que foi o único dos seus trabalhos a ganhar o Óscar de Melhor Filme.

Há muitos anos que se fala do projeto, mas sempre existiu um "desafio criativo", uma vez que Maximus, a personagem de Russell Crowe [SPOILER] morreu no final.

Também o ator alimentou a ambição de regressar à personagem que lhe valeu o Óscar do general romano que se tornava um escravo e depois um gladiador que desafiava o Império, chegando a encomendar ao artista Nick Cave em 2009 um argumento em que Maximus viajava do Além.

Em conversa com a Entertainment Weekly, Ridley Scott disse que não só está disponível para fazer outro filme como descobriu uma forma de o fazer com Crowe, agora com 52 anos, e já abordou isso com o estúdio de Hollywood.

"Sei como trazê-lo de volta. Estava a ter esta conversa com o estúdio — ‘mas ele está morto.’ Mas existe uma forma de o trazer de volta. Não sei se vai acontecer. 'Gladiador' foi em 2000, portanto o Russell mudou um bocadinho. Neste momento ele está a trabalhar, mas estou a tentar convencê-lo a vir cá'.

Comentários