Artigo

Guillermo del Toro lança monstros contra robôs em «Batalha do Pacífico»

Depois das criaturas fantásticas de «Hellboy» e «O Labirinto do Fauno», Guillermo del Toro cumpre o sonho de infância de lançar monstros contra robôs em «Batalha do Pacífico». O SAPO Cinema falou com o realizador.



Num futuro próximo, as cidades começam a ser devastadas por monstros gigantescos que surgem de uma fenda do Pacífico. Para os combater, os humanos criam robôs gigantescos, controlados por dois pilotos humanos no seu interior. Com a situação a pender cada vez mais para o lado das criaturas, a humanidade tem uma derradeira esperança, nas mãos de um robô quase obsoleto, um piloto traumatizado e uma outra inexperiente.

Após os sucessos de de filmes como «Hellboy» e «O Labirinto do Fauno», o realizador mexicano Guillermo del Toro voltou a fazer dos seus sonhos de infância matéria de cinema neste «Batalha do Pacifico», uma carta de amor aos filmes japoneses de «kaiju» (monstros gigantes) e «mecha» (robôs, como nas séries «Tetsujin 28-go» ou «Evangelion»). À frente do elenco estão Idris Elba, Charlie Day, Charlie Hunnam, Rinko Kikuchi, Burn Gorman e o sempre presente Ron Perlman.

Veja aqui as entrevistas com os atores.

Comentários