Artigo

Há novas criaturas ternurentas no universo “Star Wars”… e vão estar por todo o lado

Quem achava que os Ewoks eram as criaturas mais ternurentas do universo “Star Wars” vai ter uma surpresa: os felpudos porgs vão aparecer literalmente em todo o lado em “Star Wars: Os Últimos Jedi”.

Na mais recente edição da “Entertainment Weekly”, com um extenso tema de capa dedicado a “Star Wars: Os Últimos Jedi”, o próximo filme da saga “Star Wars”, há um conjunto de criaturas que está a dar muito que falar: os felpudos porg, uns animais pequenos de olhos grandes que estão por todo o lado no planeta Ahch-To, onde se deverá passar uma parcela significativa do filme.

Trata-se do local onde se situa o primeiro templo dos Jedi, onde “Star Wars: O Despertar da Força” termina e Luke Skywalker irá treinar Rey no novo filme.

Essas sequências do filme foram rodadas na ilha irlandesa de Skellig Michael, que foi onde o realizador Ryan Johnson colheu inspiração para a criação das novas criaturas.

Em declarações à revista, o cineasta sublinhou que “se formos a Skellig na altura certa do ano, aquilo vai estar coberto de papagaios-do-mar, e eles são as coisas mais adoráveis do mundo. Por isso quando lá fui escolher as localizações de rodagem, vi aquelas criaturas e pensei, oh, eles fazem parte da ilha. E por isso os porgs estão nesse ambiente”.

Tudo indica que os porg vão estar um pouco por todo o lado no filme, havendo já uma imagem de Chewbacca aos comandos da Millenium Falcon com uma das criaturinhas ao seu lado (acima, divulgada pela Entertainment Weekly).

Em declarações ao site Fandango durante a convenção Disney D23, o realizador esclareceu ter sido muito influenciado pelo filme “O Regresso de Jedi”, que viu pela primeira vez aos 10 anos, e que o facto de “Os Últimos Jedi” ser o filme do meio da trilogia não quererá necessariamente dizer que ele será tão negro como foi “O Império Contra-Ataca” na trilogia inicial.

“Star Wars: Os Últimos Jedi” estreia em Portugal a 14 de dezembro.

Comentários