Artigo

Há um filme português no maior festival de cinema de animação do mundo

Arranca hoje o Festival International do Filme de Animação de Annecy, o maior do género no mundo, e Portugal tem um concorrente na competição de fitas publicitárias, assinado por José Miguel Ribeiro.

Há dois anos, o cinema de animação português conseguia a sua maior participação de sempre no maior festival do género no mundo: nada menos que sete filmes na seleção oficial, cinco deles em competição. Este ano, com a produção cinematográfica em recessão, há apenas um representante português no Festival Internacional do Filme de Animação de Annecy, que arranca hoje e se prolonga até 15 de junho, e surge na categoria de filmes publicitários.

«A Energia na Terra chega para Todos. Basta partilhá-la!», encomenda da Câmara Municipal de Almada, foi assinado pelo multi-premiado José Miguel Ribeiro, que há dois anos estivera em competição no mesmo evento com «Viagem a Cabo Verde» e «Dodu - O Rapaz de Cartão».

A edição deste ano foi feita a partir de nada menos que 2460 filmes, e apresenta 236 obras na seleção oficial, entre curtas e longas-metragens, representado 45 países. A abrir as festividades vai estar a antestreia mundial de «Monstros: A Universidade», o mais recente filme da Pixar.

Entre os pontos altos do evento, já na sua 37ª edição, conta-se a competição de longas-metragens, pela surpresa da representação de países como a Índia, Brasil, África do Sul, Espanha e Itália. Os 50 anos de Calimero também serão celebrados com a apresentação de uma nova série em animação por computador dedicada ao pintaínho negro e, entre os filmes em antestreia mundial, contam-se «Gru, o Maldisposto 2», «Tante Hilda!» (da Folimage) e uma curta-metragem com Mickey Mouse ao estilo dos filmes de finais dos anos 20, ainda a partir da prestação vocal do próprio Walt Disney.

Comentários