Artigo

Hollywood prepara nova versão de «Underworld»

Vai voltar tudo ao início para o relançamento da saga que popularizou Kate Beckinsale.

«Underworld - O Submundo» recebeu ordens de «reboot»: a produtora Lakeshore Entertainment contratou Cory Goodman, argumentista de «Padre», com Paul Bettany, para refrescar a saga de vampiros, lobisomens e híbridos.

«Underworld - Submundo» surgiu em 2003, dirigido por Len Wiseman, tinha no centro da história Selene, uma bela e fatal vampira interpretada por Kate Beckinsale, Lucian, o líder dos lobisomens, a cargo de Michael Sheen, e Michael, um humano disputado por ambos, papel de Scott Speedman.

O grande sucesso do primeiro filme deu origem a «Underworld: Evolução» (2006), em que regressavam Beckinsale, Speedman e Liseman, «Underworld: A Revolta» (2009), uma prequela centralizada nas personagens dos líderes de lobisomens e vampiros corporizadas por Michael Sheen e Bill Nighy, realizada por Patrick Tatopoulos.

Beneficiando do 3D, «Underworld: O Despertar» (2012), em que regressaram Beckinsale e Wiseman, foi o mais rentável dos quatro filmes, com as receitas internacionais a chegarem mesmo a ser mais do dobro dos filmes anteriores.

Apesar dos 458 milhões de dólares reunidos a nível mundial, os grandes rendimentos da saga, que motivaram sempre a aprovação de novos filmes, vieram das vendas no circuito de «home cinema».

Comentários