Artigo

James Cameron vai filmar três sequelas de «Avatar» na Nova Zelândia

O realizador canadiano James Cameron vai rodar as três sequelas do filme «Avatar», que teve a maior bilheteira da história do cinema, na Nova Zelândia, foi hoje anunciado.

O primeiro-ministro neozelandês, John Key, anunciou um acordo entre o seu Governo e as empresas Lightstorm Entertainment e Twentieth Century Fox, com o qual a Nova Zelândia pretende fortalecer a sua indústria cinematográfica e promover-se como destino natural, tendo servido também de cenário a filmes como as trilogias de «O Senhor dos Anéis» e «O Hobbit».

O acordo foi anunciado em conferência de imprensa na Nova Zelândia que contou com a presença do realizador James Cameron, do produtor Jon Landau, do ministro da Economia neozelandês, Steven Joyce, e do ministro da Cultura, Christopher Finlayson, segundo um comunicado do Governo de Wellington.

«Esta é uma excelente notícia para a indústria cinematográfica da Nova Zelândia, as sequelas de «Avatar» darão centenas de trabalhos e milhares de horas de rodagem, além de postos de trabalho indiretos», disse o ministro Joyce, citado numa nota oficial. Cada filme tem um orçamento de, pelo menos, 500 milhões de dólares neozelandeses (300 milhões de euros).

«A rodagem dos filmes «Avatar» terão um benefício económico e cultural substancial na Nova Zelândia», disse o ministro da Cultura.

James Cameron salientou que a escolha da Nova Zelândia prende-se com o profissionalismo das equipas de produção locais, os conhecimentos em efeitos especiais e os subsídios do Estado, que representam até 25% do orçamento.

O primeiro «Avatar» também foi rodado em parte na Nova Zelândia e os seus efeitos especiais foram criados por uma empresa neozelandesa, a Weta Digital, sedeada em Wellington, que também trabalhou para os filmes «O Senhor dos Anéis» e «O Hobbit».

James Cameron disse que comprou uma casa perto de Wellington e iniciou o processo para obter uma autorização de residência na Nova Zelândia para si e para a sua família A Nova Zelândia também acolherá, pelo menos, um das três estreias mundiais das sequelas de «Avatar» e os formatos DVD e Blu-Ray dos filmes contarão com uma curta-metragem sobre o país.

O anúncio da rodagem das sequelas de «Avatar» na Nova Zelândia coincide com a divulgação pelo Governo local do aumento dos incentivos para as produções cinematográficas, acrescenta a nota oficial.

Cada uma das três sequelas de «Avatar» está prevista estrear a cada 12 meses a partir de 2016.

Comentários