Artigo

Jennifer Lawrence à frente do próximo drama de Steven Spielberg

Após uma acesa disputa, atriz e cineasta vão levar ao cinema «It’s What I Do: A Photographer’s Life Of Love And War», sobre as experiências em cenários de guerra da fotojornalista Lynsey Addario.

O livro de memórias «It’s What I Do: A Photographer’s Life Of Love And War», da fotojornalista Lynsey Addario, publicado apenas em fevereiro nos EUA, vai ser adaptado ao cinema por Steven Spielberg e com Jennifer Lawrence como protagonista.

Conhecida pela defesa dos direitos humanos, principalmente das mulheres, na cobertura de conflitos armados, Addario descreve no seu livro a sua experiência como repórter de guerra no Afeganistão, país para onde se deslocou para documentar a luta do povo contra a opressão do regime talibã.

A fotojornalista já ganhou um Prémio Pulitzer pelo seu trabalho, que a leva aos lugares mais perigosos do mundo «em busca da verdade», que inclui a denúncia da violação das mulheres no Congo durante o genocídio em Darfur e a guerra civil na Líbia, onde chegou a ser raptada por forças pró-Kadafi.

O filme será feito pelo estúdio Warner, que ganhou uma acesa disputa pelos direitos de adaptação do romance com este pacote de talento.

Entre os concorrentes estavam os britânicos da Working Title, que prometiam desenvolver o projeto com Reese Witherspoon; o realizador Darren Aronofsky, que pretendia fazê-lo com Natalie Portman, com quem trabalhou em «Cisne Negro»; The Weinstein Company, que o queria passar aos produtores George Clooney e Grant Heslov; e a atriz Margot Robbie, de «O Lobo de Wall Street» e «Focus».

Comentários