Artigo

Josh Brolin: Entrar no mundo dos super-heróis faz mal à saúde

O ator foi escolhido para ser Cable, o maior aliado de Deadpool, um dos papéis mais cobiçados em Hollywood, mas as exigências físicas deixaram marcas.

Josh Brolin tem uma entrada em grande no mundo dos super-heróis: foi escolhido para ser Cable, o mutante viajante no tempo e caçador de recompensas que será um aliado de Deadpool (Ryan Reynolds), mas também interpreta o vilão Thanos nos próximos filmes de "Os Vingadores".

Só que isso também tem um preço: o ator nunca esteve em melhor forma e tem as lesões para o provar: a sete meses da estreia de "Deadpool 2",  confessou que foi "reduzido a frangalhos" durante a rodagem.

"Existe imensa ação no filme. O incentivo é um tipo que tem 49 anos à beira dos 50 que ficou na melhor forma da sua vida, principalmente exteriormente, e fui extremamente disciplinado ao longo da rodagem", revelou ao Collider.

A prová-lo, claro, estão imagens nas redes sociais.

"Fui reduzido a frangalhos. É tudo o que sei. Tive duplos a atirarem-me por todo o lado. Tenho um problema no ombro, tenho um problema no joelho com que tenho de lidar agora, mas conseguimos aguentar. Conseguimos aguentar. Pressionei bastante e sofri por causa disso", acrescentou.

O ator também sinalizou que "Deadpool 2" será "o início de Cable e de certeza não o fim" da personagem. Ele foi anunciado em abril e o contrato foi para quatro filmes.

A estreia está marcada para a 1 de junho de 2018.

Comentários