Artigo

Julian Assange e John Malkovich convidados do Lisbon & Estoril Film Festival

O fundador da Wikileaks Julian Assange, o ator John Malkovich, a atriz Maria de Medeiros e o músico Arto Lindsay são alguns dos convidados hoje anunciados, em Lisboa, pela organização da 8.ª edição do Lisbon & Estoril Film Festival.

As presenças foram anunciadas por Paulo Branco, numa conferência de imprensa de apresentação de uma parte do programa da edição deste ano do festival, que decorrerá entre 7 e 16 de novembro.

«Ainda não sabemos em que moldes Julian Assange poderá estar em Portugal, mas contamos já com a colaboração direta dele», disse Paulo Branco, referindo-se ao facto de o jornalista e ativista estar desde 2012 exilado na embaixada do Equador em Londres.

O Lisbon & Estoril Film Festival (LEFFEST) é uma iniciativa do produtor Paulo Branco, e apresenta anualmente uma programação de filmes nacionais e estrangeiros, masterclasses, exposições e debates.

Paulo Branco avançou hoje a realização do simpósio internacional «Ficção e Realidade. Para Além do Big Brother», a estreia em Portugal de um novo filme com John Malkovich, ator que será alvo de uma homenagem, uma exposição com obras inéditas do realizador e artista visual David Lynch em conjunto com o pintor Jean-Michel Alberola, uma homenagem à atriz e realizadora Maria de Medeiros e um concerto da banda de Arto Lindsay.

A restante programação do LEFFEST, com mais nomes do cinema e de outras artes, e do júri da competição do festival, será anunciada numa data mais próxima do festival, segundo Paulo Branco, que confirmou os nomes de maior destaque hoje, com a exceção de Assange, pelas circunstâncias em que se encontra exilado, e também de David Lynch, «que poderá confirmar só em cima da hora».

«Esta edição é de uma enorme responsabilidade perante as instituições que apoiam, porque é muito ambiciosa. Um festival só se justifica se trouxer uma mais-valia para o público e para o país», disse Paulo Branco, assinalando o apoio dos principais patrocinadores, nomeadamente os municípios de Lisboa e de Cascais.

Um dos destaques, segundo o organizador, é a realização do seminário internacional que visa debater as questões da exposição da privacidade dos cidadãos e da vigilância global.

Além de Assange, um dos fundadores da WikiLeaks, foram ainda convidados para participar o juiz espanhol Baltasar Garzón, o escritor Roberto Saviano e o linguísta Noam Chomsky.

A antestreia do filme «Variações de Casanova», de Michael Sturminger, está prevista para 8 de novembro, na Fundação Calouste Gulbenkian, com a presença do realizador e de John Malkovich, que também será homenageado, com a exibição de filmes inéditos.

Esta coprodução portuguesa, francesa, austríaca e alemã foi filmada inteiramente em Portugal e baseia-se na obra «História da minha Vida», de Giacomo Casanova.

Paulo Branco disse ainda que a atriz Maria de Medeiros será homenageada: «É um vulto único na atividade cinematográfica pela projeção que teve no filme Pulp Fiction [de Quentin Tarantino] mas nunca abandonou o cinema português», sublinhou o produtor.

Uma das novidades do LEFFEST é a apresentação, pela primeira vez, de uma peça de teatro - «Os Belos dias de Aranjuez», de Peter Handke, escritor que deverá igualmente estar presente no certame - encenada por Tiago Guedes, e com apresentação prevista para o CCB a 12 de novembro.

O músico Arto Lidnsay, que fez parte do júri do certame, vai protagonizar, com a própria banda, o concerto de encerramento da oitava edição, a 16 de novembro, também no CCB.

Comentários