Artigo

«Mad Max»: até onde chegam os efeitos especiais

Um ensaio revelou imagens espantosas do «antes e depois» dos efeitos especiais em «Mad Max: Estrada da Fúria», um dos filmes mais elogiados de 2015.

«Mad Max: Estrada da Fúria», com Tom Hardy e Charlize Theron, tem sido elogiado pela grande maioria dos espectadores, nomeadamente pelos espantosos efeitos criados durante a rodagem, com recurso ao trabalho dos duplos, veículos e pirotecnia.

No entanto, foram precisos quase três anos após o fim da rodagem no deserto da Namíbia e Austrália para o filme chegar às salas e a razão foi agora revelada num longo e esclarecedor ensaio publicado pela FXguide.

As imagens disponibilizadas pelo estúdio Warner Bros do «antes e depois dos efeitos especiais» revelam que o trabalho passou muito por integrar o que foi criado por computador em algo não menos espetacular criado por uma vasta equipa e captado pelas câmaras.

O resultado final tem deslumbrado espectadores em todo o mundo e é discutido com paixão na Internet pelo contraste em relação a muitos dos atuais grandes filmes de Hollywood, que filmam em estúdio os atores rodeados de ecrã verde ou azul, com os efeitos especiais a acrescentarem posteriormente todo o ambiente e ação.

Comentários