Artigo

Mais de dezena e meia de estrelas brilham no novo filme dos X-Men

O momento alto da edição da 2013 da convenção Comic-Con, em San Diego, foi o painel do filme «X-Men: Days of Future Past», com nada menos que 15 estrelas em presença. Eis as fotos do evento.

Após o furor gerado pela primeira apresentação pública do elenco de «Os Vingadores» na Comic-Con de 2010, a Marvel subiu a parada na edição de 2013, que terminou no último fim-de-semana, com o painel do filme «X-Men: Days of Future Past», onde surgiram nada menos que 15 estrelas do filme, mais o realizador Bryan Singer e os produtores Simon Kinberg, Lauren Schuler Donner e Hutch Parker.

Presentes estavam os atores Ian McKellen (Magneto), Patrick Stewart (Professor X), Hugh Jackman (Wolverine), Ellen Page (Kitty Pride), Shawn Ashmore (Iceman), Anna Paquin (Rogue), Halle Berry (Storm), James McAvoy (Professor X), Michael Fassbender (Magneto), Jennifer Lawrence (Mystique), Nicholas Hoult (Beast), e os estreantes na série Omar Sy (Bishop), Evan Peters (Quicksilver) e Peter Dinklage (Bolivar Trask, o criador dos Sentinelas, que levarão à destruição dos mutantes).

O filme, que estreia em 2014, devolve Singer aos comandos da saga dos heróis mutantes após ter-lhes dado cartas de nobreza em «X-Men» e «X-Men 2», e pretende ser um épico que cruza os intérpretes da primeira trilogia, que se passa num futuro próximo, com a de «X-Men: O Início», que se passava na década de 60. O filme é diretamente inspirado em duas histórias de BD, cuja ação decorria entre um futuro devastado, em que os mutantes e os super-heróis tinham sido quase todos eliminados, e o presente, onde os heróis tentavam evitar um evento que provocaria esse amanhã muito negro.

Na fita, quem regressa ao passado é Wolverine, com o renascido Professor X a reconduzir a mente do herói mutante ao seu corpo no passado, na década de 60, para avisar os outros mutantes da tragédia e tentar deter a ameaça.

Comentários