Artigo

Mark Ruffalo mete cunha para «Star Wars VIII»

Ajuda o facto de ter trabalho com o realizador escolhido, Rian Johnson, no tempo das «vacas magras».

Mark Ruffalo tornou-se um dos membros do clube de elite da Marvel com o papel de um dos «vingadores», Hulk, e está num dos filmes mais prestigiados da próxima temporada («Foxcatcher»), mas está a concentrar a sua atenção numa outra saga, por acaso detida pelo mesmo estúdio, a Disney: «Star Wars».

Durante muitos anos, o ator penou nas franjas do cinema independente norte-americano ( «Podes Contar Comigo», «XX/XY», «In the Cut - Atracção Perigosa», «Desencontros», «A Minha Vida Sem Mim», «Reservation Road - Traídos Pelo Destino», «Ensaio Sobre a Cegueira», «Os Miúdos Estão Bem») ou como secundário em filmes para os grandes estúdios ( «O Último Castelo», «Códigos de Guerra», «Colateral», «Dizem por aí...», «De Repente, Já nos 30!», «Enquanto Estiveres Aí...», «Zodiac», «Shutter Island»), juntando bastante prestígio, prémios... e frutuosas colaborações artísticas.

Uma delas pode agora proporcionar-lhe a entrada direta no oitavo «episódio» da saga criada por George Lucas. Numa entrevista recente, o ator confessou ter contactado o realizador desse filme, Rian Johnson, com quem trabalhou em «Os Irmãos Bloom» em 2008, para conseguir um papel.

«Por acaso, acabei de contactar o Rian recentemente. O meu email para ele ao fim destes anos todos foi «Rian, parabéns para tudo o que tens feito. E, já agora, se existir um papel no «Star Wars», por favor, qualquer coisa, por favor considera considerar-me para me juntar a ti.» E acrescentou noutra entrevista: «Adoro estar com o Rian, pelo que só ir à rodagem é interessante para mim, mas gostava de ter um papel. Seria interessante ter qualquer coisa. E honestamente, até uma personagem gerada por efeitos especiais.»

Esperemos que o ator não se esteja a candidatar a um regresso como... Jar Jar Binks.

Comentários