Artigo

Marketing de filme com Dwayne Johnson alterado por tragédia no Nepal

A campanha de promoção do filme «San Andreas» vai sofrer ajustamentos, mas o estúdio descartou o adiamento.

«San Andreas», o novo filme de grande orçamento que deverá chegar às salas dentro de semanas, coloca a sua estrela, Dwayne Johnson, numa busca desesperada pela sua filha após um terramoto arrasar a Califórnia.

O estúdio Warner ponderou adiar a estreia do seu filme-catástrofe após o Nepal sofrer os efeitos bem reais desse fenómeno natural com magnitude 7.8 a 25 de abril, de que já resultaram mais de sete mil mortos, milhares de desalojados e a destruição de vastas áreas do seu território.

No entanto, optou por manter as datas: 29 de maio nos EUA e meados de junho nos principais mercados internacionais (4 de junho em Portugal).

Em alternativa, está a avaliar a sua campanha de marketing a nível mundial para garantir que é sensível aos que foram afetados pelo trágico evento, garantiu um porta-voz à publicação Variety.

Trailers e posters não vão ser alterados, mas outros materiais de promoção vão incluir informação sobre a forma como o público pode participar no esforço humanitário, que se irá juntar a uma campanha de dicas que já estava prevista sobre como as pessoas se devem preparar para desastres naturais.

Esses planos foram acelerados e a informação foi ajustada para incluir informação sobre o Nepal.

Um outro estúdio vai enfrentar desafios de comunicação por causa da catástrofe.

O terramoto originou uma avalanche que vitimou pelo menos 19 pessoas no Monte Evereste, o seu desastre mais mortífero, e a 18 de setembro a Universal tem um filme chamado «Evereste», sobre uma expedição de 1996 que terminou em tragédia.

A data vai manter-se, mas alterações à campanha de promoção estão a ser ponderadas.

QUANDO HOLLYWOOD É AFECTADA PELA VIDA REAL

Comentários