Artigo

Matt Damon diz que ter Jimmy Kimmel nos Óscares é mau para a América

A estrela arrasou completamente o anfitrião da cerimónia dos Óscares, com quem mantém uma "zanga" épica há mais de dez anos.

Matt Damon não resistiu à oportunidade de voltar a atacar Jimmy Kimmel, o seu grande "inimigo" do mundo do entretenimento.

Durante uma participação no programa de Ellen DeGeneres na quinta-feira para promover o seu novo filme "A Grande Muralha", esta perguntou-lhe se ter Kimmel como anfitrião da cerimónia era bom ou mau para ele.

"É horrível para toda a gente", respondeu a estrela com um sorriso. "Provavelmente para mim também, mas é mau para a América. Estou só a ser honesto".

Matt Damon, que vai ser um dos espectadores no Dolby Theatre pois é o produtor de "Manchester by the Sea", acrescentou que tem "expetativas extremamente baixas" para o trabalho de Kimmel na noite dos Óscares.

Quando Ellen lhe disse que o colega estava bastante ansioso com a tarefa que tem à sua frente,  a resposta foi de compreensão fingida: "Devia estar. Vão estar centenas de milhões de pessoas a ver e à espera que ele falhe. Vou estar a algumas filas de distância a fazer figas para ele falhar. Até posso atirar-lhe coisas".

A piada da grande "zanga" entre os dois começou em 2006, quando, desiludido no fim de um episódio mais fraco, o anfitrião do "Jimmy Kimmel Live!" decidiu pedir desculpas a Damon, "à espera nos bastidores" para ser entrevistado, por terem esgotado o tempo.

O nome surgiu por acaso como exemplo de uma grande estrela que nunca ficaria reservada para o fim de um programa, mas o produtor do talk show gostou da piada e Kimmel passou a repeti-la todas as noites.

A desculpa tornou-se popular e, alguns meses mais tarde, quando Damon foi convidado, surgiu uma luta em direto e não se realizou a entrevista.

Os desencontros sucederam-se e tudo piorou com um lançamento de um vídeo em 2008 com Sarah Silverman, então namorada de Kimmel, a confessar que estava a ter um caso com Matt Damon.

Desde então os dois não têm perdido uma oportunidade para manifestar o seu mútuo desdém e apesar de várias tentativas, o ator não foi entrevistado no programa até aos nossos dias.

Comentários