Artigo

Meryl Streep: os 65 anos da melhor atriz do mundo

Deu voz aos ABBA e a Margaret Thatcher, sobreviveu a Auschwitz e teve uma fazenda em África: Meryl Streep, consensualmente considerada a melhor atriz de cinema do mundo, completou 65 anos a 22 de junho. O SAPO Cinema recorda uma carreira sem rivais.

Nascida a 2 de junho de 1949, Meryl Streep acaba de entrar formalmente na terceira idade mas não dá sinais de abrandar o ritmo: para 2014 tem agendada a estreia de nada menos de quatro filmes, o western «The Homesman», o filme de ficção científica «The Giver - O Dador de Memórias», o drama de época «Suffragette» (no papel de Emmeline Pankhurst) e o conto de fadas musical «Into the Woods».

A quantidade, qualidade e variedade têm andado sempre de mãos dadas na longa carreira de Meryl Streep, que se estreou no teatro em 1971 e no cinema em 1977, logo no muito elogiado «Julia», ao lado de Jane Fonda e Vanessa Redgrave.

Muito premiada, Streep já recebeu mais de uma centena de galardões, incluindo oito Globos de Ouro em 28 nomeações, e o troféu de Melhor Atriz em Cannes por «Um Grito na Escuridão». Além disso, é a intérprete mais nomeada de sempre aos Óscares, com 18 designações e três vitórias: «Kramer Contra Kramer» (Atriz Secundária), «A Escolha de Sofia» e «A Dama de Ferro». As outras nomeações foram por «O Caçador» (Secundária), «A Amante do Tenente Francês», «Reacção em Cadeia», «África Minha», «Estranhos na Mesma Cidade», «Um Grito de Coragem», «Recordações de Hollywood», «As Pontes de Madison County», «Podia-te Acontecer», «Melodia do Coração», «Inadaptado» (Secundária), «O Diabo Veste Prada», «Dúvida», «Julie & Julia» e «Agosto em Osage».


Comentários