Artigo

Michelle Pfeiffer admite que não consegue ver "Thelma & Louise"

A atriz recusou vários filmes importantes, mas "Thelma & Louise" é o grande arrependimento.

Michelle Pfeiffer confirmou que recusou fazer "Thelma & Louise" e isso teve um efeito que dura até hoje.

Numa entrevista à revista Variety, a atriz revelou que uma questão de "timing" a impediu no início dos anos 90 de aceitar o papel que foi para Susan Sarandon no filme de Ridley Scott: quando chegou a proposta, ela já tinha assumido o compromisso para outro projeto, "Love Field" ["Contra Tudo" em Portugal].

Esse drama à volta da época em que o presidente John Kennedy foi assassinado deu-lhe a terceira nomeação para os Óscares em 1992, prémio que ainda não ganhou, mas recusar o filme que se tornou um marco do feminismo teve um efeito duradoiro.

"Ainda não consigo ver 'Thelma & Louise'. Era um conflito direto, era um filme ou outro. Ainda dá cabo de mim", assumiu.

"Não se pode sempre fazer tudo. Tem de se desistir de algo", acrescentou.

Outro papel famoso que Michelle Pfeiffer recusou pela mesma altura foi o de Clarice Starling em "O Silêncio dos Inocentes", que, esse sim, valeu o Óscar a Jodie Foster.

Comentários