Artigo

Morreu Jerry Weintraub, lendário produtor de Hollywood

Fez os filmes «The Karate Kid - Momento da Verdade» e «Ocean’s Eleven» e trabalhou com artistas como Frank Sinatra, Elvis Presley e Bob Dylan. Tinha 77 anos.

Jerry Weintraub, importante produtor cinematográfico e promotor musical, faleceu na segunda-feira na Califórnia aos 77 anos, vítima de ataque cardíaco.

Teve vários papéis no mundo do entretenimento e sempre com sucesso: começou pelo entrega do correio na agência de talentos William Morris, ascendeu a assistente de agente e depois agente nos anos 50 e 60, depois passou a promotor de artistas como Frank Sinatra, Elvis Presley, Bob Dylan, John Denver, Led Zeppelin, Neil Diamond, Dolluy Parto, ou os Beach Boys. Foi um dos primeiros a organizar concertos em estádios desportivos e produziu espetáculos na Broadway.

O cinema entrou com «Nashville» de Robert Altman, que viria a ser um dos filmes determinantes dos anos 1970.

A Sétima Arte tornou-se a sua grande paixão: «Adoro os filmes, adoro os atores, adoro os realizadores, adoro os argumentistas, adoro trabalhar com o estúdio, adoro o marketing, adoro todo o processo», disse à Variety em 2007.

Seguiram-se títulos como «Alguém Lá em Cima Gosta de Mim» (77, Carl Reiner), «A Caça» (80, William Friedkin), «Adeus, Amigos» (82, Barry Levinson), mas foi graças a «The Karate Kid» (84, John G. Avildsen, «Momento da Verdade» em Portugal) que cimentou a sua posição na indústria.

Produziu mais três sequelas, cada vez com piores resultados, ao mesmo tempo que foi contratado para uma mal sucedida tentativa de ressuscitar o estúdio United Artists: durou apenas alguns meses e jurou que não voltaria a ser funcionário de ninguém.

Foi então que procurou financiamento para lançar um estúdio que rivalizasse com os maiores, mas os filmes estiveram longe de ser memoráveis e acabou por voltar à produção, sob os auspícios do estúdio Warner Bros.

Foi um período duro, com falhanços como «O Especialista» (94), com a dupla Sylvester Stallone e Sharon Stone, «Soldado Implacável» (98), com Kurt Russell e principalmente a desastrosa adaptação ao grande ecrã de «Os Vingadores» (98) com Ralph Fiennes, Uma Thurman e Sean Connery.

No entanto, a carreira ganhou um novo e prestigiado fôlego ao adaptar o conceito de um filme de 1961 liderado por Frank Sinatra ao século XXI com estrelas como George Clooney, Brad Pitt, Matt Damon e Julia Roberts em «Ocean's Eleven - Façam as Vossas Apostas» (01, Steven Soderbergh).

Com esse sucesso, produziu as sequelas, refez novamente «The Karate Kid» em 2010, e foi determinante para que o projeto de Soderbergh «Por Detrás do Candelabro», com Michael Douglas e Matt Damon, avançasse na HBO, recebendo vários prémios. Deixa vários projetos em andamento.

As várias vidas de Jerry Weintraub davam origem a fantásticas histórias, algumas delas contadas numa autobiografia de 2010, «When I Stop Talking, You’ll Know I’m Dead: Useful Stories from a Persuasive Man». Aí descrevia como era lidar com a máfia, colegas de setor loucos, artistas temperamentais, pessoas de negócios sem escrúpulos e as exigências de estrelas de Hollywood.

O livro esteve na base de «His Way», um documentário de 2011 do canal HBO em que finalmente foi a grande estrela.

Comentários