Artigo

Morreu Laura Antonelli, símbolo do cinema erótico dos anos 70

A atriz italiana trabalhou com Luchino Visconti, Dino Risi, Ettore Scola e Luigi Comencini.

A atriz italiana Laura Antonelli, que se destacou em comédias eróticas do cinema dos anos 70, foi encontrada morta esta segunda-feira na sua casa em Ladispoli, perto de Roma, informou a imprensa.

A causa da morte de Antonelli, de 73 anos, não foi divulgada.

Laura Antonelli nasceu em 28 de novembro de 1941 na cidade de Pula, hoje na Croácia, mas que na época era parte da Itália.

A atriz ficou famosa com as comédias eróticas italianas do fim dos anos 60 e início dos anos 70, como «La Rivoluzione Sessuale» [A Revolução Sexual, 1968] ou «Malícia» (1973), que a tornaram um símbolo sexual.

Durante a carreira, Laura Antonelli trabalhou com alguns dos grandes nomes do cinema italiano, como Luchino Visconti, Dino Risi, Ettore Scola e Luigi Comencini.

A atriz foi casada com Jean-Paul Belmondo de 1972 a 1980, um período em que viveu em Paris e rodou vários filmes com realizadores franceses.

A sua carreira chegou no fim dos anos 1980, após várias cirurgias plásticas mal sucedidas e problemas judiciais provocados pela descoberta de cocaína em sua casa.

Desde então ela morava em Ladispoli, a 40 quilómetros de Roma.

Comentários