Artigo

Natalie Portman vai ser Jackie Kennedy

O filme será realizado pelo chileno Pablo Larraín e irá debruçar-se sobre os quatro dias posteriores ao assassinato do seu marido, o presidente John K. Kennedy.

A atriz Natalie Portman irá interpretar a ex-primeira-dama dos EUA Jacqueline Kennedy num filme dirigido pelo chileno Pablo Larraín sobre os quatro dias posteriores ao assassinato do seu marido, anunciou na quinta-feira o produtor.

O filme «Jackie» começa quando o presidente John F. Kennedy é assassinado em Dallas em novembro de 1963.

««Jackie» mostra os dias em que Jackie Kennedy se converte num ícone e ao mesmo tempo perde tudo», disse à revista Variety o empresário Vincent Maraval, da produtora Wild Bunch.

O filme deve receber uma gigantesca quantidade de ofertas no mercado do Festival de Cannes pelos seus direitos de exibição.

A previsão é que entre em produção este ano, com o direção do cineasta chileno Larraín, aclamado pelo seu filme «Não» sobre o fim da ditadura de Augusto Pinochet.

«Jackie» será produzido por Darren Aronofsky, que já levou Portman a um Óscar em 2010 com «Cisne Negro».

Portman está em Cannes esta semana a apresentar o seu primeiro filme como realizadora, «A Tale of Love and Darkness».

Comentários