Artigo

Novo projeto: Ben e Casey Affleck a caminho da guerra no Afeganistão?

Ben Affleck anda à volta de um novo projeto como realizador e quer que o ator principal seja o irmão mais novo, que ganhou recentemente o Óscar.

O próximo filme de Ben Affleck como realizador após o mal sucedido "Viver na Noite" (2016) devia ser "The Batman", o primeiro filme com o herói da cidade de Gothan como protagonista desde o fim da trilogia de Christopher Nolan (2005-2012).

Esses planos caíram por terra e entre a muita especulação sobre se vai abandonar o mundo dos "comics" mais cedo do que se esperava, parece que está à volta de um novo projeto.

Segundo o The Tracking Board, ele iniciou negociações com a Sony para dirigir "Red Platoon".

Se chegarem a bom termo, será um filme de guerra baseado nas memórias de Clinton Romesha sobre a batalha de Kamdesh, no Afeganistão, quando a 3 de outubro, mais de 300 talibãs lançaram um ataque a um posto distante americano perto da fronteira com o Paquistão, ultrapassando o perímetro de defesa.

Clinton Romesha planeou e liderou um pequeno pelotão de soldados num contra-ataque com poucas possibilidades de ser bem sucedido, mas acabou por salvar dezenas de vidas. Pelas suas ações recebeu a Medalha de Honra do Congresso dos EUA.

O papel do sargento tem como principal candidato o irmão Casey Affleck, o recente vencedor do Óscar por "Manchester by the Sea". Os dois não trabalham juntos desde "Vista Pela Última Vez...", de 2007.

Entretanto, o regresso de Ben Affleck será como ator no papel de Bruce Wayne e Batman em "Liga de Justiça", a 16 de novembro.

Comentários