Artigo

«O Mordomo», com banda sonora de Rodrigo Leão, estreia esta semana

O filme "O Mordomo", uma biografia dramática realizada pelo norte-americano Lee Daniels, com banda sonora do compositor português Rodrigo Leão, vai estrear nas salas de cinema do país na quinta-feira.

Com o título original "The Butler", a longa-metragem é protagonizada por Forest Whitaker, Oprah Winfrey, John Cusack, Lenny Kravitz, Alan Rickman, Robin Williams, Nelsan Ellis, Jane Fonda e Vanessa Redgrave.

O filme segue o percurso verídico do mordomo Cecil Gaines (Forest Whitaker) que esteve ao serviço de oito presidentes na Casa Branca, entre 1952 e 1986.

A história inspira-se em factos reais, a partir de uma reportagem do Washington Post sobre um afro-americano que trabalhou na Casa Branca, ao longo de trinta anos, servindo, entre outros, os presidentes Richard Nixon, Ronald Reagan e JF Kennedy.

O filme apresenta uma viagem pelas transformações sociais e políticas nos Estados Unidos, entre os anos 1950 e 1980.

Rodrigo Leão, cujo repertório a solo já foi muitas vezes descrito como "cinematográfico", soma algumas participações na escrita para cinema.

Recentemente compôs para as longas-metragens "O frágil som do meu motor", de Leonardo António, e para "A gaiola dourada", do luso-francês Ruben Alves.

Fez ainda música para a série documental "Portugal - Um retrato social" e para a série de ficção "Equador", para o filme "Um passo, outro passo e depois..." (1989), de Manuel Mozos, e participou, enquanto músico dos Madredeus, na composição da música e na interpretação no filme "Lisbon Story" (1994), de Wim Wenders.

De acordo com a produtora Uguru, os premiados Quincy Jones e Alexandre Desplat tinham sido anteriormente designados para a composição da banda sonora, mas o convite acabou por recair em Rodrigo Leão.

Comentários