Artigo

O policial chega ao cinema português em «Quarta Divisão»

Joaquim Leitão, o realizador de sucessos como «Adão e Eva» e «Tentação», estreia-se no cinema abertamente policial com «Quarta Divisão», escrito e produzido por Tino Navarro. O SAPO Cinema falou com os dois sobre o novo filme português.

«É preciso surpreender as pessoas com aquilo que elas estão à espera»: esta é uma das estratégias do realizador Joaquim Leitão para voltar a trazer o público às salas, após os sucessos esmagadores que teve em «Adão e Eva» e «Tentação». A sua nova fita chama-se «Quarta Divisão» e é um filme policial com contornos de drama social, que volta a ser escrito e produzido por Tino Navarro. O filme marca a estreia de Leitão em filme protagonizados por agentes da autoridade, e promete várias surpresas e reviravoltas no terço final, que justificam a afirmação acima do cineasta.

Carla Chambel é a protagonista de «Quarta Divisão», no papel de uma empenhada agente da polícia que tem como missão procurar um garoto de nove anos desaparecido em circunstâncias misteriosas, filho de um casal endinheirado, interpretado por Cristina Câmara e Paulo Pires.

«Quarta Divisão» tem estreia nacional agendada para 28 de fevereiro.



Acompanha o «Quarta Divisão» no MEO Kanal 280213.

Comentários