Artigo

O que é feito dos «Caça-Polícias»?

O filme que lançou Eddie Murphy para o estrelato está a fazer 30 anos.

O que é feito dos atores de «O Caça-Polícias»?

É a melhor comédia de ação dos anos 80 e tem um espaço na história do cinema: «Beverly Hills Cop» estreou a 5 de dezembro de 1984 e foi o mais rentável filme desse ano, superando tanto «Os Caça-Fantasmas» como «Indiana Jones e o Templo Perdido».

O seu sucesso lançou o carismático Eddie Murphy, um dos maiores talentos saído do programa de variedades Satudary Night Live e que vinha de «48 Horas» e «Os Ricos e os Pobres», onde partilhava protagonismo respetivamente com Nick Nolte» e Dan Ackroyd, para a estratosfera como a grande estrela da década.

Esteve quase para não acontecer: o papel foi oferecido a Mickey Rourke, que teve de recusar por problemas de agenda, e depois a Sylvester Stallone, que imaginava um filme mais violento e abandonou o projeto por «diferenças criativas» (concretizou de certa forma a sua «visão» com «Cobra, o Braço Forte da Lei» em 1986).

O insolente polícia Axel Foley, que chega a Los Angeles em licença de Detroit à procura de quem matou um parceiro, cheio de uma lábia que vai deixar os seus colegas locais à beira de um ataque de nervos, é a grande personagem da carreira de Eddie Murphy. E isso acontece porque é a síntese perfeita da sua «personna» cinematográfica, irreverente e de uma descarada ironia, antes de descambar no cabotinismo presente em grande parte dos seus filmes seguintes.

Seguiram-se duas sequelas menores em 1987 e 1994, e muitos rumores de um quarto filme, que finalmente parece seguir em frente ressuscitado pelo realizador Brett Ratner para março de 2016. Mas não há nenhum como o primeiro...

Comentários